Com apoio da FEQUIMFAR, CNTQ e Sindicatos filiados, Químicos de Lorena lutam por direitos dos trabalhadores da Finquímica

0
55

Após uma série de denúncias, lideranças do Sindicato dos Químicos de Lorena e Região realizaram assembleia com os trabalhadores da Finquímica, indústria do setor químico localizada no município de Cruzeiro, no Vale do Paraíba, e tem cerca de 60 funcionários.

“Recebemos diversas denúncias de que a empresa não está cumprindo a Convenção Coletiva de Trabalho. Há atraso no pagamento dos salários e grau de risco, não existe PLR e a empresa não fornece EPI adequado”, explica o presidente do Sindicato, Jeferson Ferreira, o Jefinho.

Jurandir Pedro de Souza, diretor financeiro da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Itapetininga, informa que os trabalhadores não aceitam nenhum retrocesso: “exigimos que os direitos conquistados em Convenção Coletiva sejam cumpridos e respeitado”.

A ação teve o apoio da CNTQ, FEQUIMFAR, Sindicato dos Químicos de Sorocaba, Suzano, Itapetininga, Guaratinguetá e Pindamonhangaba.

Deixe uma resposta