FEQUIMFAR e Sindicatos filiados discutem Pré-pauta de reivindicações do setor industrial farmacêutico

0
363

Está começando a Campanha Salarial e Social dos trabalhadores nas indústrias farmacêuticas no estado de São Paulo, data-base 1º de abril

Dirigentes da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo), entidade filiada à Força Sindical e à CNTQ (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Químico) e lideranças dos Sindicatos filiados de todas as regiões do estado de São Paulo estiveram reunidas no dia 6 de fevereiro para o Seminário de Negociação Coletiva do setor farmacêutico, no auditório da Federação dos Químicos em São Paulo SP.

O evento marcou o início da Campanha Salarial e Social da categoria e possibilitou que os dirigentes sindicais avaliassem dados e índices do setor. Em seguida, o grupo deliberou uma pré-pauta de reivindicações dos trabalhadores e definiu estratégias para a negociação com o setor patronal.

Dirigentes sindicais de todas as regiões do estado de São Paulo participaram do encontro, representando mais de 16 mil trabalhadores nas indústrias farmacêuticas, cuja data-base é 1º de abril.

“O setor farmacêutico tem aumentado seu faturamento e, felizmente, se apresenta com boas perspectivas de desenvolvimento, com geração de empregos através do PAC (Programa de aceleração do crescimento) e do NIB (Nova Indústria Brasil). Por isso, a exemplo dos anos anteriores, continuamos mantendo a coesão na luta dos trabalhadores, buscando avançar nas cláusulas econômicas, com reposição das perdas salariais, aumento real dos salários e do piso salarial, assim como reajustes no valor da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e no auxílio alimentação. Além disso, nosso compromisso inclui a luta por mais direitos por meio de negociações na Convenção Coletiva, visando melhorias significativas para os trabalhadores do setor industrial farmacêutico no estado de São Paulo.”
Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR e
Vice-presidente da Força Sindical

Destaques da Pré-Pauta de Reivindicações

  • Reajuste Salarial: 100% do INPC* + 3% de Aumento Real
  • Piso Salarial (Salário Normativo)
    Para empresas com até 100 empregadosPiso Salarial de a) R$ 2.262,06
    Para empresas com mais de 100 empregadosPiso Salarial de b) R$ 2.827,31
  • PLR no valor de 2 Salários Normativos
  • Cartão Alimentação/Cesta Básica: R$ 743,75
  • Acesso gratuito a medicamentos
  • Igualdade salarial entre mulheres e homens (Lei 14.611 de 2023)

*INPC estimado em 3,16%

“Este ano, as negociações se concentrarão nas cláusulas econômicas, uma vez que as cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho estão asseguradas até 2025. As reivindicações são por reajuste dos salários e no Piso com aumento real, PLR e auxílio alimentação.”
Edson Dias Bicalho,
secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru e Região

“A Federação dos Químicos junto aos Sindicatos filiados estão mobilizados e reivindicam mais direitos e conquistas em Convenção Coletiva para toda categoria.”
Jurandir Pedro de Souza,
diretor financeiro da FEQUIMFAR e
presidente do Sindicato dos Químicos de Itapetininga

“Com data-base em 1º de abril, somos uma das primeiras categorias a iniciar as Campanhas Salariais, então, temos que unir esforços para avançar em direitos e conquistas para balizar os demais segmentos.”
Antonio Silvan Oliveira,
presidente da CNTQ e do Sindicato dos Químicos de Guarulhos e Região

Próximas etapas

Até o dia 29 de fevereiro, dirigentes dos Sindicatos filiados, com o apoio da FEQUIMFAR, CNTQ, Força Sindical, IndustriALL e ICM, realizarão assembleias em todo o estado de São Paulo para que os trabalhadores analisem a Pré-Pauta de Reivindicações. Em 1º de março, está agendada uma assembleia geral na sede da FEQUIMFAR para discussão das deliberações das assembleias. Caso aprovada pela categoria, a Pauta de Reivindicações será entregue ao setor patronal do SINDUSFARMA no dia 4 de março.

Deixe uma resposta