Químicos da Força apoiam campanha ‘O Brasil Precisa do SUS’ na defesa da saúde pública na pandemia

0
95

João Scaboli,  diretor do departamento de saúde do trabalhador da FEQUIMFAR, membro do CNS pela Força Sindical e diretor do DIESAT, participou ontem do lançamento da campanha “O Brasil Precisa do SUS”. Um grande ato virtual, com a presença de lideranças sindicais, ativistas, artistas, parlamentares, empresários, usuários, gestores e trabalhadores da saúde, denunciou o descaso do governo com o SUS e reivindicou a manutenção do orçamento emergencial em 2021. O evento foi organizado pela Frente pela Vida, formada por entidades de diversos segmentos.

“Este encontro foi um momento histórico, porque reuniu muitas lideranças que encabeçam a luta pela saúde pública no país. O SUS é um Sistema Universal, Inteiro e Completo e tem mostrado a sua importância nesta pandemia. Nossa luta é pelo fortalecimento e pelo financiamento do SUS, para que ele siga exercendo a sua função. Para que haja vacinas para todos. Para que o governo faça a sua parte no sentido de articular medidas de prevenção e proteção de populações vulneráveis”, afirma Scaboli.

A pandemia de Covid-19 no Brasil segue com números alarmantes. Já são mais de 180 mil mortes até 15 de dezembro de 2020, dia em que a Frente Pela Vida uniu centenas de representantes da sociedade num ato virtual para pressionar governo a entregar e executar um Plano Nacional de Vacinação urgente, que possa garantir segurança sanitária aos 209 milhões de brasileiros. A campanha também alerta parlamentares sobre o desfinanciamento perene do Sistema Único de Saúde (SUS), que, junto à população, vem sendo negligenciado pelo Estado, causando milhares de mortes e agravos em saúde.

Para Fernando Pigatto, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), “a luta da Frente pela Vida mostrou sua força com a grande mobilização do povo brasileiro. Em nome da coletividade, nós estamos marcando um momento da história, que não pode passar em vão. As sementes estão sendo plantadas a todo momento na esperança de um mundo melhor e de um Brasil melhor”, afirmou.

Durante o lançamento virtual da campanha “O Brasil Precisa do SUS”, o CNS entrou ao vivo direto do Congresso Nacional, em Brasília, para realizar a entrega das 577 mil assinaturas coletadas em defesa da manutenção do orçamento emergencial para a Saúde no Brasil em 2021. A entrega do documento nas mãos de Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, foi feita junto à entrega do manifesto da Frente Pela Vida, que exige a defesa do SUS e a vacinação para todos os brasileiros. O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária 2021 (PLDO) pode ser votado nesta quarta (16/12).

As manifestações podem ser vistas no site da Frente Pela Vida.

Fonte: com informações do SUS Conecta.

Deixe uma resposta