Químicos da Força assinam CCT que garante reajuste de 100% do INPC no Piso e demais salários e manutenção da PLR em Convenção Coletiva

0
272

Nesta manhã, dia 10 de setembro, líderes da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo), entidade filiada à Força Sindical, CNTQ e IndustriALL, e Sindicatos filiados assinaram a Convenção Coletiva de Trabalho do setor químico/plástico/fertilizantes garantindo a reposição da inflação e a manutenção de todas as cláusulas sociais já conquistadas.

A FEQUIMFAR e Sindicatos filiados representam cerca de 130 mil trabalhadores do setor industrial químico no Estado de São Paulo, distribuídos nos segmentos químicos, plástico, petroquímicos, abrasivos, fertilizantes, cosméticos, tintas e vernizes, entre outros, com data-base em 1º de novembro.

Na semana passada, após mesas de negociação, os Químicos da Força conquistaram proposta patronal do Grupo CEAG-10 da FIESP para as reivindicações da base.

Principais Conquistas

  • Reajuste de 100% do INPC em todas as faixas salariais, inclusive nos Pisos, mantendo o poder de compra dos salários dos trabalhadores. (INPC/IBGE estimado em 3,49%)
  • Manutenção de Cláusula de PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados) na Convenção Coletiva de Trabalho
  • Hora extra (semana) de 70%
  • Hora extra (domingo e feriados) 110%
  • Adicional noturno de 40%
  • Auxílio creche para todas as funcionárias (com reembolso de até 50% do salário normativo)

“A unidade dos Químicos da FEQUIMFAR/Força Sindical garantiu a manutenção de todas as cláusulas em Convenção Coletiva de Trabalho, PLR, Piso Salarial, além de reajuste de 100% do INPC, que irá repor integralmente a inflação do período. A renovação da Convenção Coletiva é um importante avanço diante do cenário de crise econômica e ameaças a direitos.”
Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR e
1º secretário da Força Sindical

 

 

 

Deixe uma resposta