28 de abril: Fórum das Centrais debate saúde do trabalhador na Alesp

0
597

Dirigentes da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados estiveram hoje na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, em Audiência Pública organizada pelo Fórum Nacional das Centrais Sindicais em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (FNCSTT).

Na pauta, os impactos das medidas do atual governo na saúde do trabalhador e o debate sobre a promoção e proteção da saúde dos trabalhadores e das trabalhadoras.

A audiência pública teve a participação de dirigentes das Centrais Sindicais, parlamentares, representantes do Ministério Público do Trabalho, Associação Brasileira de Saúde dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, Dieese e Diesat.

Os Químicos da Força marcaram presença no evento. Estiveram líderes dos Sindicatos dos Químicos de Jaguariúna, Louveira, Rio Claro, São Carlos, Instrumentos Musicais e Brinquedos, Itatiba, Guarulhos e Suzano.

João Scaboli, diretor do departamento de saúde do trabalhador da FEQUIMFAR e adjunto da secretaria de saúde e segurança do trabalho da Força Sindical, explica que a audiência, em menção ao dia 28 de abril – Dia Mundial em Memória as Vitimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, foi encerrado com a aprovação de um documento que será elaborado pelo Dieese, Diesat e Abrastt, e assinado pelas Centrais Sindicais, fortalecendo ainda mais a atividade. Posteriormente, o documento será encaminhado à Câmara dos Deputados e ao Senado.

“Nosso objetivo maior é sair da lista da OIT que trata dos países onde os trabalhadores mais adoecem e sofrem nos ambientes de trabalho. Somos o 4º! Queremos mais organização, planejamento e planos de ações nos ambientes de trabalho, através de profissionais, no sentido de melhorar as políticas de saúde do trabalhador e da trabalhadora. Queremos gerar emprego? Com certeza! Mas só emprego com qualidade, sempre lembrando das futuras gerações. Trabalhar, sim. Adoecer, não.”, finaliza Scaboli.

Deixe uma resposta