Campanha Salarial: Químicos conquistam proposta de aumento real e ultratividade

0
779

Em Campanha Salarial e Social coordenada pela Federação dos Químicos e Sindicatos filiados, cerca de quinze mil trabalhadores das indústrias do setor farmacêutico do Estado de São Paulo receberam proposta de reajuste, com aumento real nos salários, mais PLR e a manutenção dos direitos acordados nas convenções coletivas de anos anteriores. Deste modo, fica assegurada a ultratividade das normas coletivas.

A proposta foi feita na rodada de negociação com a bancada patronal na sede da Fequimfar na quinta-feira, dia 30. “Conseguimos importantes avanços nas discussões com a bancada patronal, seja na questão dos reajustes de 5% a 20%, desde o piso, salários, PLR e no cartão-alimentação, e significativa ultratividade da norma coletiva por dois anos”, destaca Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da Fequimfar e 1º secretário da Força Sindical.

Nesta semana, dirigentes dos Sindicatos filiados, com apoio da Fequimfar, CNTQ e Força Sindical, irão realizar assembleias para aprovação da proposta pelos trabalhadores da base. “Com data-base em 1º de abril, a categoria tem participado ativamente das assembleias. Paralelamente, a bancada dos trabalhadores está em constante negociação para a ampliação do valor do vale-alimentação”, afirma Edson Dias Bicalho, secretário-geral da Fequimfar. A expectativa é de que a Convenção Coletiva seja assinada brevemente.

Deixe uma resposta