Dia Internacional da Mulher: Desafios e compromissos pela igualdade

0
160

Neste 8 de março, destacamos que a busca por equidade de gênero passa por vários caminhos, entre eles, o combate à misoginia e a luta pela igualdade salarial em nossa sociedade.

Infelizmente, ainda enfrentamos uma triste realidade com altos índices de violência doméstica e feminicídios. É urgente interromper esse ciclo de violência, por isso, os esforços são por ações que visem combater a violência, proporcionando um ambiente seguro para as mulheres.

A representação das mulheres em espaços de poder também é uma batalha constante. Embora sejamos 53% do eleitorado, apenas 17,7% da Câmara dos Deputados e 12,3% do Senado Federal são ocupados por mulheres. Apoiar e impulsionar a presença feminina na política é essencial para garantir mais voz e influência nas tomadas de decisão.

Na questão salarial, persiste a desigualdade, mas avanços foram alcançados com a Lei da Igualdade Salarial, sancionada pelo governo Lula. Nosso compromisso é torná-la uma realidade concreta, assegurando que as trabalhadoras façam valer seu direito à igualdade no ambiente de trabalho.

No Dia Internacional da Mulher, renovamos nosso empenho na luta por uma sociedade mais justa e igualitária para todas.

Maria Auxiliadora dos Santos,
secretária nacional de políticas para mulheres e gênero da Força Sindical,
coordenadora do Departamento de Mulheres e Identidade de Gênero da FEQUIMFAR e

presidente do STTI Instrumentos Musicais e Brinquedos

Deixe uma resposta