FEQUIMFAR e Sindicatos filiados avaliam positivamente a Campanha Salarial dos trabalhadores nas usinas de etanol

0
243

Lideranças da FEQUIMFAR e dos Sindicatos filiados que representam cerca de 25 mil trabalhadores nas usinas e destilarias de produção de etanol no estado de SP estiveram reunidas nesta quinta-feira, na sede do Sindicato dos Químicos de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, para avaliação da Campanha Salarial da categoria, data-base 1º de maio.

O grupo fez um balanço das negociações realizadas entre Sindicatos e usinas ou grupos de usinas, analisou os Acordos firmados e também discutiu o panorama geral do setor no estado de São Paulo.

Resultados positivos
A Campanha Salarial já está quase no fim e conquistou importantes avanços, com reajustes salariais acima da inflação, que ficou em 3,83% (INPC/IBGE), a partir de 1º de maio, melhora no Piso Salarial, na PLR, além da renovação dos Acordos Coletivos de Trabalho com a manutenção de todas as cláusulas sociais.

Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR e vice-presidente da Força Sindical, informa que a avaliação da Campanha Salarial é positiva com destaque aos reajustes com aumento real nos salários. “Os reajustes variam entre 4% a 8% nos salários e chegam a 66% no vale alimentação.”

“A FEQUIMFAR e Sindicatos filiados representam trabalhadores em 73 usinas e destilarias em todo o estado. Os acordos já foram fechados em 75% das empresas e a expectativa é de que nas próximas duas semanas, sejam conquistados novos acordos”, diz Serginho.

Das 18 unidades que ainda estão em negociação salarial, 8 delas são do grupo Raízen.

João Pedro Alves Filho, presidente do Sindicato dos Químicos de São José do Rio Preto e anfitrião do evento, afirma que “o setor do etanol está muito forte, mas as usinas precisam reverter parte dessa valorização para os seus trabalhadores, afinal, são eles que estão na linha de frente e produzem”.

Deixe uma resposta