Químicos da Força apoiam Centrais Sindicais francesas pela manutenção de empregos no Grupo Tereos

0
158

A FEQUIMFAR e seus 33 Sindicatos filiados declaram total apoio às ações organizadas pelas Centrais Sindicais francesas em defesa dos empregos gerados pelo Grupo Tereos.

As Centrais Sindicais francesas criaram um abaixo-assinado para fortalecer a luta pelo emprego no grupo.

Os sindicatos franceses denunciam como a nova maioria formada no Conseil de Surveillance (Conselho de Administração) da empresa ameaça a manutenção dos processos de produção e dos milhares de empregos gerados pelo grupo econômico.

A empresa se configura hoje como a 2ª maior produtora mundial de açúcar e a 3ª maior produtora de açúcar do Brasil. Além da fabricação de açúcares para a indústria alimentícia, sua cadeia produtiva abrange a fabricação de etanol e de energia elétrica por meio da cogeração do bagaço da cana-de-açúcar.

No Brasil, a Tereos Açúcar & Energia processou 18,8 milhões de toneladas de cana na safra de 2019/2020, apresentando um crescimento de 7,5% em relação à safra anterior, com a produção de 650 milhões de litros de etanol e 1,6 milhão de toneladas de açúcar.

A Tereos Brasil emprega atualmente cerca de 9 mil trabalhadores e trabalhadoras em suas sete unidades industriais na região noroeste do Estado de São Paulo. Os trabalhadores de três destas unidades produtivas são representados por Sindicatos filiados à FEQUIMFAR (Sindicato dos Químicos de Guaíra, Sindicato dos Químicos de Ribeirão Preto e Sindicato dos Químicos de São José do Rio Preto), que, buscando a melhor defesa trabalhista de seus representados, estão sempre atentos às movimentações mundiais do grupo econômico.

A FEQUIMFAR e seus 33 Sindicatos filiados apoiam e subscrevem o abaixo-assinado proposto pelo pelas Centrais Sindicais Francesas.

Para assinar a Petição, acesse: Petição dos Trabalhadores da Tereos

No canto direito da página, você pode registrar a sua assinatura com o seu cadastro do Facebook; ou então, inserir nome, sobrenome, selecionar o país, estado e endereço de e-mail. Em seguida, marcar em OUI (sim) ou NON (não) para: – se deseja que a assinatura apareça publicamente, se você deseja receber informações sobre a petição por e-mail e se você tem mais de 16 anos.

Imagem: Divulgação.

 

Deixe uma resposta