Sindicato dos Químicos de Rio Claro promove Curso de Fortalecimento da CIPA

0
212

O Sindicato dos Químicos de Rio Claro e Região, em parceria com o DIESAT e com o apoio da FEQUIMFAR, realiza entre os dias 10 e 11 de junho o Curso de Fortalecimento da CIPA, no Hotel Bristol em Rio Claro SP.

A abertura do evento foi realizada hoje com a presença de Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR, vice-presidente da Força Sindical e diretor do Sindicato dos Químicos de Rio Claro, Milton Roberto, secretário-geral do Sindicato dos Químicos de Rio Claro e diretor do departamento de saúde do Sindicato, João Scaboli, diretor do departamento de saúde do trabalhador da FEQUIMFAR, membro do CNS pela Força Sindical e vice-presidente do DIESAT e Rodrigo Alexandre Grella, gerente geral da Tigre S/A. A condução da cerimônia ficou por conta da diretora do Sindicato, Claudete Cortez. O curso está sendo ministrado por Rogério de Jesus, suporte técnico do DIESAT e técnico de segurança do trabalho.

“O curso tem como objetivo capacitar os membros das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPAs) para que possam desempenhar suas funções com mais eficiência e contribuir para a prevenção de acidentes de trabalho”, disse Milton.

Serginho parabenizou a realização do evento e destacou o comprometimento do Sindicato com a saúde e segurança no trabalho, contribuindo para a qualificação dos membros das CIPAs e na promoção da saúde.

“A capacitação dos membros das CIPAs, aliada à conscientização dos trabalhadores e ao compromisso das empresas com a segurança no trabalho, impactam na prevenção de acidentes de trabalho e na promoção de um ambiente de trabalho mais seguro e saudável para todos”, afirmou João Scaboli.

Durante os dois dias de curso, os participantes poderão aprofundar seus conhecimentos sobre diversos temas relacionados à atuação da CIPA, como: Responsabilidades legais da CIPA, a CIPA como protagonista das ações de promoção e prevenção, CIPA contribuindo na elaboração do programa de gerenciamento de risco, Inclusão de pessoas com deficiência e reabilitados no processo de trabalho, Assédio sexual e outras formas de violência no trabalho, entre outros.

Deixe uma resposta