Convenção Coletiva de Trabalho garante reajuste de 11,73% aos trabalhadores nas indústrias farmacêuticas

0
551

Na manhã de hoje, dia 12 de abril, líderes da FEQUIMFAR/Força Sindical, FETQUIM/CUT, Sindicatos filiados e representantes do setor patronal do SINDUSFARMA estiveram reunidos de forma híbrida para oficializar a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho.

“A unidade dos Químicos Força Sindical garantiu importante conquista para os trabalhadores nas Indústrias Farmacêuticas, valorizando a mobilização da categoria, a ação sindical e processo de negociação coletiva. Diante do cenário de crise econômica e ameaças a direitos, assegurar salários dignos, garantindo o poder de compra dos trabalhadores com reposição integral da inflação, e manter conquistas em Convenção Coletiva de Trabalho é um importante avanço. Em especial, valorizando uma importante categoria que na pandemia, estiveram na linha de frente, produzindo vacinas, medicamentos que salvam vidas!”
Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR e
Vice-presidente da Força Sindical

Representando cerca de 16 mil trabalhadores nas indústrias farmacêuticas em todo o estado de São Paulo, FEQUIMFAR e Sindicatos filiados estão encerrando mais uma Campanha Salarial e Social com importantes conquistas para a categoria.

Principais conquistas

• Reajuste Salarial: 11,73% (100% do INPC/IBGE)
• Teto de R$ 9.250,00
• Acima do teto: parcela fixa de R$ 1.085,03

• Piso Salarial
Empresas com até 100 empregados
Piso de R$ 1.921,05
Empresas com mais de 100 empregados
Piso de R$ 2.157,49

• PLR: reajuste de 100% do INPC
Para trabalhadores em empresas com até 100 empregados
PLR de R$ 1.982,57
Para trabalhadores em empresas com mais de 100 empregados
PLR de R$ 2.750,73

• Cesta Básica ou Vale-Alimentação
Empresas com até 100 empregados
Cesta de R$ 300,00
Empresas com mais de 100 empregados
Cesta de R$ 450,00

• Auxílio Home Office
Empresas com até 100 empregados: R$ 96,05
Empresas com mais de 100 empregados: R$ 107,87

Deixe uma resposta