FEQUIMFAR e Sindicatos filiados conquistam proposta de reajuste de 100% do INPC, manutenção da PLR e Piso em Convenção Coletiva

0
266

Campanha Salarial dos Químicos/Plásticos/Fertilizantes 2020/2021 

Nesta quinta-feira, dia 3 de setembro, líderes da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo) e Sindicatos filiados estiveram reunidos para discutir a Campanha Salarial 2020/2021 das categorias do setor químico, plástico e fertilizantes cuja data-base é 1º de novembro. Devido à pandemia, o evento aconteceu de forma híbrida, presencial, na sede da Federação e online, com a participação de todos os Sindicatos filiados.

Após mesas de negociação, os Químicos da Força conquistaram proposta patronal do Grupo CEAG-10 da FIESP para as reivindicações da base.

Proposta patronal

  • Reajuste de 100% do INPC em todas as faixas salariais, inclusive nos Pisos Salariais.
  • Manutenção de Cláusula de PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados) na Convenção Coletiva de Trabalho
  • Hora extra (semana) de 70%
  • Hora extra (domingo e feriados) 110%
  • Adicional noturno de 40%
  • Auxílio creche para todas as funcionárias (com reembolso de até 50% do salário normativo)

Até o dia 9 de setembro, FEQUIMFAR e Sindicatos filiados enviarão retorno aos representantes patronais para celebração da Convenção Coletiva de Trabalho.

“Há possibilidades de buscarmos um acordo logo no início de setembro. O cenário de crise econômica e sanitária, além das ameaças constantes aos direitos trabalhistas e sociais nos impulsionam a estar ainda mais unidos e organizados por nossas reivindicações. Por isso, ajustar as condições do acordo de forma antecipada seria uma importante estratégia e conquista. Trabalhadores e empresas teriam previsibilidade das condições do acordo e concentrariam seus esforços na recuperação da produção e na manutenção de empregos.”
Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR e
1º secretário da Força Sindical

O evento faz parte da Campanha Salarial e Social dos 130 mil trabalhadores do setor industrial químico no Estado de São Paulo, distribuídos nos segmentos químicos, plástico, petroquímicos, abrasivos, fertilizantes, cosméticos, tintas e vernizes, entre outros, com data-base em 1º de novembro.

“Pela primeira vez, estamos dialogando e realizando os debates da Campanha Salarial de forma virtual e com o distanciamento social que o momento exige. Mas a unidade de luta prevalece para fortalecer a luta da categoria.”
Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato Químicos de Bauru

“Sabemos que as dificuldades serão ainda maiores nesta Campanha, mas estamos confiantes que conseguiremos assegurar mais conquistas em Convenção Coletiva de Trabalho.”
Jurandir Pedro de Souza, diretor financeiro da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Itapetininga

Deixe uma resposta