Químicos avançam na Campanha Salarial do Etanol

0
141

(Atualizado em 21/05/2021)

A Campanha Salarial e Social dos Trabalhadores nas usinas e destilarias de produção de etanol no estado de SP, data-base 1º de maio, está a todo vapor e avançando em várias regiões.

A FEQUIMFAR e seus Sindicatos filiados representam 23 mil trabalhadores no setor que estão mobilizados em todo o estado.

Acompanhe os Acordos atualizados:

Região de São José do Rio Preto
O Sindicato dos Químicos de São José do Rio Preto, presidido por João Pedro Alves Filho, já fechou acordos coletivos de trabalho com empresas do setor. Os trabalhadores do Grupo Colombo (com 3 unidades) conquistaram reajuste de 7% em todos os salários, reajuste de 12,7% no vale-alimentação, verba indenizatória de 96% do valor praticado. Já os trabalhadores do Grupo Tietê (com 2 unidades) conquistaram reajuste de 7% em todos os salários e reajuste de 13,02% no vale-alimentação.

Cerca de 300 trabalhadores da Usina Itajobi, de Marapoama SP, conquistaram reajuste de 7% nos salários e 11,54% no ticket alimentação.

Em todos os grupos empresariais, as demais cláusulas dos Acordos Coletivos de Trabalho foram mantidas.

Região de Presidente Prudente

Presidido por Milton Ribeiro Sobral, o Sindicato dos Químicos de Presidente Prudente já fechou acordo a usina Cocal (Unidade de Narandiba). Cerca de 500 trabalhadores serão beneficiados com o acordo que garante a aplicação do índice do INPC do ano passado (2,46%) nos salários a partir de 1°de março de 2021; e, a partir de 1º de maio, os salários serão novamente reajustados com INPC integral*. Outra conquista foi o reajuste de 9,40% no vale-alimentação, além de manutenção de todas as demais cláusulas do Acordo Coletivo.

Nesta semana, o Sindicato fechou acordo coletivo 2021/2022 com a empresa Bioenergia do Brasil S/A, da cidade de Lucélia SP. Entre as principais conquistas, reajuste salarial de 7,59% para todas as faixas salariais de uma só vez a partir de 1° maio, reajuste de 10,11% no Ticket Alimentação e a manutenção de todas as cláusulas do Acordo.

Os trabalhadores da usina Caeté, de Paulicéia SP, também conquistaram a renovação do Acordo Coletivo, com manutenção de cláusulas e reajuste de 7,59% em todos os salários a partir de 1° de maio, reajuste de 7,59% no Ticket Alimentação e reajuste de 7,59% no Abono, que passou ao valor de R$ 895,00.

Região de Ipaussu

Cerca de 150 trabalhadores da usina Santa Maria serão beneficiados com o acordo firmado pelo Sindicato dos Químicos de Ipaussu, presidido por Edmar José dos Santos. Os trabalhadores conquistaram reajuste salarial de 7,68% a partir da data-base 1º de maio, além da manutenção de todas as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho.

Os trabalhadores da Usina Londra, de Itaí SP, também serão beneficiados com reajuste de 7,59% em todos os salários a partir de 01/05/2021.

Região de Marília

O Sindicato dos Químicos de Marília, presidido por Maurílio Pereira Alvim, fechou acordo com a Cocal, de Paraguaçu Paulista, com reposição de 2,46% nos salários de março; e reajuste de 100% do INPC a partir da data-base 1° de maio. Cerca de 400 trabalhadores serão beneficiados.

As negociações continuam

Nas demais regiões, as negociações continuam. Os trabalhadores seguem mobilizados e lutam pelo reajuste salarial, no Piso e PLR.

 

Deixe uma resposta