FEQUIMFAR 62 anos: resistir e lutar pela vida!

0
179

Nossa Federação completa 62 anos e, mais uma vez, passamos essa data sob ataques e ameaças à classe trabalhadora, ao movimento sindical e à Democracia.

Com o agravamento da pandemia do novo coronavírus, podemos dizer que o momento exige todos os nossos esforços em lutar pela vida de nossos trabalhadores e resistir às investidas contra nossa liberdade.

Em uma breve lembrança da história da FEQUMFAR, podemos resgatar a passagem pela Ditadura Militar, tempos obscuros e extremamente dolorosos. Na luta pela democratização do país, a Federação conquistou seu espaço de referência. Em seguida, ainda vieram desafios como o desemprego, inflação, planos e pacotes econômicos, entre tantos outros.

Desde aquele 24 de abril de 1958, são décadas com importantes ações na defesa da classe trabalhadora.

A FEQUIMFAR é composta por 33 sindicatos filiados e, juntos, representam cerca de 195 mil trabalhadores em todo o Estado de São Paulo, distribuídos em 23 segmentos de atividade do setor químico.

Sempre estivemos à frente de iniciativas pioneiras, que trouxeram importantes benefícios às categorias representadas. São conquistas que servem de referência para outros setores, como as lutas pela implantação da participação dos trabalhadores nos lucros e resultados (PLR) nas convenções coletivas e pela Redução da Jornada de Trabalho. Em 1985, conseguimos reduzir a jornada de 48 para 44 horas semanais nos segmentos químicos e hoje, no setor farmacêutico, a realidade já é uma jornada de 40 horas semanais para todos os trabalhadores. Destacamos também direitos ao jovem trabalhador, proteção à gestante, além de importantes conquistas nas áreas de saúde do trabalhador.

Por toda essa longa história de luta é que estamos aqui. E nossa missão é enfrentar esse governo que insiste em destruir o movimento sindical, precarizar direitos trabalhistas e previdenciários e ameaçar a Democracia.

No dia em que nossa FEQUIMFAR completa 62 anos, reafirmamos o nosso comprometimento em defesa da Democracia e de nossos direitos. Nossa luta é pela vida! E nossa palavra de ordem é RESISTIR! 

Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR

Deixe uma resposta